TIDE: Professores que vieram cedidos para UEMS finalmente terão isonomia

Na reunião conjunta CEPE/COUNI da última sexta-feira (31/jan) a pauta era o acesso ao Regime de Trabalho de Tempo Integral, com Dedicação Exclusiva. Depois da ampliação das vagas para 50% do quadro de professores da UEMS, veio a atualização da Resolução 024, agora revogada.


Logo no início da reunião foi iniciado o debate para a correção de uma das maiores injustiças que persistiam na UEMS: o reconhecimento dos professores pioneiros, que até 2015 eram considerados cedidos. A porta voz da proposta da ADUEMS precisava ser uma legítima representante desse bravo grupo que ajudou construir a história da nossa Universidade.


E foi assim. A diretoria da ADUEMS articulou para que a professora Adma Cristina fosse a promotora da proposta. Depois de longo debate, em que o Presidente da ADUEMS, professor Esmael Machado, defendeu tecnicamente as razões para o reconhecimento desse direito. E a bandeira foi levantada ainda por muitos outros conselheiros, entre eles os conselheiros Lucélio Simião, Débora Simões, Hugo Schayer, Maria de Lourdes, Jaqueline e Lauro Joppert. A consistência dos argumentos sensibilizou o Magnífico Reitor que, ao final da sessão, conclamou os conselheiros a votar pela aprovação unânime da proposta que agora mitiga a divisão da nossa categoria.


É preciso explicar que mitigar é a palavra que define esse avanço, pois ainda há um grupo de docentes na UEMS impedido de solicitar acesso ao regime de TIDE. São aqueles docentes que ingressaram na UEMS antes de 2003 e que até 2013 não haviam feito o pedido de mudança de regime para TIDE e que por conta de dispositivo incluído no atual PCC, atualmente não tem esse direito. Mas essa frente de luta já está sendo encampada pela atual diretoria, que toda energia, vai trabalhar arduamente para eliminar de vez essa condição de exclusão que ainda persiste.


Para marcar tão importante momento da história da UEMS, a Diretoria da ADUEMS produziu um "mosaico" de depoimentos registrados em vídeo. Assista e compartilhe sem moderação.