Nota de Repúdio sobre declarações do Deputado Arthur do Val (Podemos-SP)

Contra o Machismo Sempre!



A ADUEMS (Associação dos Docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) repudia veemente as declarações do Deputado Arthur do Val (Podemos-SP), conhecido como “Mamãe Falei”, que deixaram claro sua postura racista, misógina e xenófoba. Às vésperas do Dia Internacional da Mulher, o parlamentar demonstra seu caráter vil e machista.


Em áudios extremamente ofensivos e preconceituosos, enviados pelo WhatsApp, o deputado disse que “as mulheres ucranianas são fáceis porque são pobres”, demonstrando seu comportamento sexista, preconceituoso e desumano. A conduta, inadmissível por si só, torna-se ainda mais grave por se tratar de um parlamentar, que, ao menos na teoria, é para ser um legítimo representante do povo.


As declarações são graves em qualquer contexto, em qualquer país e fosse no Brasil, poderiam ser enquadradas em crimes de assédio sexual pela lei brasileira – definido no artigo 216-A do Código Penal como ‘constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função.


A vociferação agressiva do Deputado Arthur do Val contra as mulheres, em especial as mulheres ucranianas e do leste europeu, em muito extrapola o seu direito de expressão como Deputado Estadual e, desta forma, excede o manto da sua imunidade parlamentar, o que caracteriza a quebra de decoro parlamentar.


A fala do parlamentar é uma verdadeira afronta aos direitos das mulheres, tão duramente conquistados e uma grave ameaça a equidade de gênero. Esperamos que o comportamento do parlamentar receba as devidas punições para que tal atitude contra as mulheres jamais se repita.