COUNI aprova moção de congratulação a Lula


Fonte: Divulgação

Na última semana o Conselho Universitário (COUNI) aprovou moção de congratulação ao recém-eleito Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A proposição foi feita pelo presidente da Aduems (Sindicato dos Docentes da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Professor Esmael Machado.


“A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, por proposição do Conselho Universitário em legítima e necessária defesa da democracia, congratula-se com o recém eleito Presidente da República Federativa do Brasil, Sr. Luiz Inácio Lula da Silva e pelo resultado das eleições de 2022. ", diz a moção aprovada pelo COUNI.


Sobre a aprovação da moção o Presidente Esmael Machado, disse que era “um dever moral e cívico congratular o próximo chefe do executivo direto, que também foi defendido pelos nossos sindicatos com muito afinco por representar a reconstrução da democracia e dos direitos trabalhistas em nosso país”, justificou o Presidente Esmael Machado.


A Diretoria do ANDES-SN e seus candidatos filiados, como a ADUEMS, se posicionaram pelo voto em Lula, afirmando sua responsabilidade e o compromisso em avaliar que o contexto eleitoral impactará nas condições de luta e de existência dos Sindicatos. “Para continuarmos nas ruas, com independência e autonomia era fundamental derrotar Bolsonaro nas urnas”, reafirmou o Professor Esmael Machado.


Uma outra Moção de Congratulação ao presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, foi rejeitada em votação nominal no plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, na sessão do dia 8 de Novembro. A proposta havia sido apresentada pelo Deputado Amarildo Cruz (PT). Diante deste lamentável fato o mesmo texto foi apresentado no COUNI para que o chefe do executivo do Brasil fosse reconhecido em Mato Grosso do Sul por sua terceira merecida e esperada vitória.