ADUEMS publica Nota Oficial sobre ações do dia 18 de março, no contexto da Greve Geral e do Covid-19

Após reunião da Comissão Organizadora da Greve do dia 18 de março, além de outras reuniões com Comitê de Defesa Popular (Dourados) e o FONASEFE (Campo Grande), a Diretoria da ADUEMS divulga Nota Oficial sobre as ações de mobilização previstas para o dia da paralisação, levando em conta as últimas informações sobre a expansão do Covid-19 em Mato Grosso do Sul.

Segue abaixo a nota na íntegra:


NOTA OFICIAL

Sobre Greve Geral do dia 18 de março

no contexto de pandemia pelo Covid-19


Em Assembleia da ADUEMS de 03/03/2020, foi aprovada a participação dos docentes na Greve Nacional da Educação e em defesa dos serviços públicos e da democracia, no dia 18 de março de 2020. Formou-se também comissão para organização da referida paralisação em conjunto com as atividades definidas no Comitê de Defesa Popular de Dourados. Outras ações também foram planejadas no contexto das Unidades Universitárias.

Tendo em vista o contexto atual de pandemia pelo COVID 19, a ADUEMS, seguindo as orientações das Centrais Sindicais nacionais, do ANDES e do Comitê de Defesa Popular de Dourados, decidiu manter a paralisação e ações de mobilização, mas sem a realização dos atos públicos no dia 18 de março.

Desta forma, reiteramos nosso compromisso em lutar pela defesa do SUS, da educação pública e gratuita em todos os níveis, do serviço público e das verbas para pesquisa nas Universidades públicas, fundamentais para enfrentar epidemias como a do Covid-19 e garantir o bem-estar social a todos.

Por isso, sugerimos que, ao invés dos atos coletivos de rua, todos os professores ajudem a:

  • Afixar os materiais gráficos produzidos pela ADUEMS nos murais das Unidades Universitárias, visando conscientizar sobre a Greve.

  • Produzir o diálogo com alunos e servidores no contexto das Unidades Universitárias a respeito das pautas colocadas.

  • Compartilhar nas redes as postagens e os materiais visuais produzidos pela ADUEMS, ANDES e as Centrais Sindicais, especialmente no dia 18 de março, das 19:30 às 20:30 (horário de pico de acessos);

  • Participar de panfletagens de rua, quando houver condições, desde que não haja aglomeração e com os devidos cuidados de higiene.

Seguimos mobilizados, pois o enfrentamento ao Covid-19 coloca em evidência a necessidade do SUS, da pesquisa universitária e dos investimentos no setor público, que garantem o bem-estar social a todos, não apenas a quem pode pagar. Sigamos cumprindo as recomendações de prevenção à epidemia, mas lutando pelo direito de todos os brasileiros à saúde, à educação e ao serviço público gratuito de qualidade.


Diretoria da ADUEMS/Comissão Organizadora 18M

16 de março de 2020