ADUEMS firma parceria solidária com entidades de capoeira

Convênio para ajudar mestre em Dourados e lives com campanhas de arrecadação são algumas das ações conjuntas


A ADUEMS firmou uma parceria com a Academia Baiana de Capoeira para oferecer mais um serviço aos filiados do sindicato. O convênio é também uma ação de solidariedade para com o Mestre Guerreiro que, devido à pandemia de Covid-19, teve de suspender temporariamente as atividades da academia, sua principal fonte de renda, aos 70 anos de idade.


Alguns alunos continuam pagando as mensalidades para ajudá-lo, mas muitos também estão impossibilitados de pagar. Mestre Guerreiro teve seu trabalho reconhecido pelo Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (IPHAN), que o homenageou com o prêmio “Viva Meu Mestre”.


O objetivo do convênio é ampliar o número de pagantes em tempos de pandemia. O compromisso do Mestre Guerreiro é que os filiados da ADUEMS iniciem as aulas assim que for possível reabrir a academia. Por sua vez, o pagamento das contribuições mensais será realizado com valor diferenciado.


Ainda no campo do esporte, a ADUEMS e a União do Conesul de Mestres e Profissionais da Capoeira firmaram parceria para ações de solidariedade. A proposta é de levar esporte e cultura em lives que incluem desde orientações com os movimentos básicos da capoeira até a troca de informações, musicalidade e outras formas de expressão cultural


A próxima live conjunta entre as duas entidades será no dia 12 de julho e vai focar na arrecadação para o projeto “dê um pontapé na fome”, coordenado pelo embaixador Gil da Associação Brasileira de Capoeira Gospel.